10

Eu acredito que toda mulher têm essa “preocupação”. Não é mesmo?

Afinal, é uma das poucas situações em todo o relacionamento em que nós mulheres, temos o real domínio da decisão. 

Pensem bem. 

Você esta na balada, avista um rapaz lindo e elegante, quem deve tomar a atitude e pedir o beijo? O homem. 

Vocês estão curtindo  um relacionamento e ficam juntos quase todos finais de semana, e quem deve decidir e fazer o pedido de namoro? 

O homem. 

Depois do namoro, quem resolve que ja é hora de dar um passo a frente na maioria das vezes somos nós , mas quem tem o real poder de fazer o pedido de casamento? 

Novamente ele, o homem!

 

 Affff.. em algum momento é a hora de chegar a nossa vez. Concordam?  E por isso não podemos desperdiçá-la.   

 

Desde o dia que resolvemos parar de tomar as pílulas de anticoncepcionais, me pegava pensando nesse assunto. 

Como faria para impressionar? Como seria a melhor forma de dizer a ele que sua vida nunca mais seria a mesma ? 

 

De certa forma, eu estava ansiosa e aflita com a maneira que meu marido iria receber a notícia. Por conhece-lo bem, eu imaginava que ele iria ficar muito feliz, se emocionar, e receber a notícia  como um presente. Mas o que me assombrava, era não saber como seria a reação emocional dele quando a ‘ficha” realmente começasse a cair. 

Afinal, é a chegada de um filho, não de um novo utensílio de decoração. 

 

Vou contar a vocês, que se fosse uma peça de decoração eu não me preocuparia tanto, pois de certa forma, com um ano e 8 meses de casamento e muitos debates sobre a real necessidade de cada um deles, ele já preparou seu psicológico para receber uma nova peça a cada semana. 

Pelo bem do relacionamento. hahahah! 

 

Hoje, a chegada de decorativos não ocorre mais. Já começamos a nos preocupar mais com as finanças, e começamos a enxugar as despesas mensais. 

 

Fiquei sabendo da gravidez em uma noite de domingo, eu estava no hospital a trabalho e meu marido a caminho de Bauru-SP (onde é professor e cursa o doutorado em Ortodontia). Ele iria permanecer em Bauru ate o final da semana, então me ví em uma situação complicada. Estava ainda mais difícil fazer uma mega produção para a grande notícia, com toda essa distancia entre nós.

 

Passei o resto daquela noite aflita. Não contei da novidade para ninguém além da minha obstetra, que estava  também de plantão, pois eu precisava marcar a consulta do pré-natal e aproveitei a oportunidade.

 

No dia seguinte, ainda no hospital, minha cabeça estava a mil. Eu ainda não acreditava que realmente era verdade. Mas tinha que decidir como iria fazer para surpreender meu marido. 

 

Devido à residência médica, que têm uma carga horária de trabalho pesada, eu não pude largar tudo e pegar um ônibus ou um avião para ir à Bauru. Apesar da imensa vontade que eu estava de fazer isso. Então foi quando me veio a ideia. 

Tirei cópia do resultado do beta-hCG POSITIVO, comprei um macacãozinho com o escrito “Amo meu papai”, coloquei tudo em uma caixa de presentes e enviei pelo sedex para o endereço de trabalho dele.

Fiz a postagem na segunda feira antes das 16h. 

 

O sedex 10 faz a entrega no dia seguinte da postagem até as 10 da manhã. E assim aconteceu, sem interferências. Mas até hoje eu não sei como não enfartei de tanta ansiedade ao aguardar noticias dele dizendo como se sentia após abrir a caixa.

 

Aproximadamente 9:40h da manhã de terça-feira, chegou em meu celular uma foto de seus olhos castanhos claro marejados de lágrimas, e algumas frases de amor dizendo que eu o estava fazendo o homem mais feliz desse mudo !!!

 

Sinceramente, naquele momento todas as dúvidas e preocupações que me assombravam desapareceram.

Faça parte da nossa comunidade, e não perca uma atualização

Não enviamos spam. Apenas conteúdos úteis para você.